Seis mouses tão bizarros quanto específicos

Lista conta com designs bastante criativos, mas que não vingaram.

Os mouses são tão antigos quanto os computadores e já sofreram diversas evoluções ao longo do tempo. Hoje não é difícil encontrarmos no mercado mouses sem fio, mouses gamer e até mouses verticais. No meio do caminho, o periférico ganhou formas no mínimo inusitadas com funções específicas demais para um usuário médio.

Thank you for watching

Desde o mouse com telefone embutido até o mouse com 18 teclas, diversas tentativas de aprimorar o acessório acabaram naufragando. Não é exagero dizer que esses aparelhos são, no mínimo, curiosos. O TechTudo separou seis exemplos de mouse tão bizarros quanto específicos.

1. Mouse-telefone

Jela Skype Mouse mistura mouse com telefone VoIP — Foto: Divulgação/Jela

Jela Skype Mouse mistura mouse com telefone VoIP — Foto: Divulgação/Jela

Na época da febre dos programas VoIP, surgiram, no mercado, diversos mouses com função 2 em 1 para quem queria praticidade ao fazer chamadas via Skype. Para ativar a função, bastava abrir o mouse como se fosse um celular flip, digitar o número e fazer chamadas colocando o acessório no ouvido.

No caso de modelos como o Jela Mouse, lançado em 2007, o gadget ainda vinha com um pequeno falante que servia tanto para atender ligações em viva-voz quanto como caixinha de som. Ele não está mais disponível para venda, mas, na época, era possível comprá-lo por US$ 40 (cerca de R$ 196 na cotação atual da moeda americana).

2. Mouse estilo pistola

Mouse ergonômico da EIGIIS usa trackball para mexer o cursor — Foto: Reprodução/Amazon

Mouse ergonômico da EIGIIS usa trackball para mexer o cursor — Foto: Reprodução/Amazon

Mouses do tipo trackball são considerados mais ergonômicos que os tradicionais. O mouse da EIGIIS sequer precisa de uma mesa para ser utilizado. O acessório funciona como se fosse uma pistola, com o gatilho acionando o botão esquerdo do gadget. Outras funções, como botão direito e barra de rolagem, são controladas com o dedão na parte de cima.

Apesar do design pouco usual, ele pode ser uma saída interessante para quem tem problemas de mobilidade ou que sofre de Lesão por Esforço Repetitivo. Além disso, o mouse é bastante compacto e serve tanto para destros quanto para canhotos. Ele é vendido no exterior a US$ 28 (cerca de R$ 137).

3. Mouse com 18 teclas

WarMouse OOMouse quase foi lançado em parceria com a OpenOffice — Foto: Divulgação/WarMouse

WarMouse OOMouse quase foi lançado em parceria com a OpenOffice — Foto: Divulgação/WarMouse

E se em vez de apenas dois botões, o mouse tivesse 18 teclas? Foi com essa premissa inusitada que a empresa WarMouse criou o OOMouse. O conceito tinha como finalidade tornar mais fácil e prática a utilização com o OpenOffice, o clone gratuito do Microsoft Office, permitindo customizar as funções das teclas. Dentre as opções de botão, havia até um direcional analógico para ser usado em games.

Porém, em 2010, o OpenOffice saiu do projeto e a WarMouse lançou o acessório com o nome de Meta por US$ 75 (cerca de R$ 368). A ideia mirabolante não colou no mercado e o produto foi descontinuado pouco tempo depois.

4. Mouse com caneta

O T&MOUSE tem uma mini mesa digitalizadora no corpo — Foto: Divulgação/Hangwang

O T&MOUSE tem uma mini mesa digitalizadora no corpo — Foto: Divulgação/Hangwang

Lançado em 2007, o T&MOUSE da empresa chinesa Hangwang conta com um visor no corpo que o transforma em uma minimesa digitalizadora. E ela é mini mesmo: a tela tem apenas 3 cm x 4 cm — praticamente o mesmo tamanho de fotos de documentos. Segundo a empresa, o mouse vinha com um software que lia ideogramas em chinês e os transformava em texto. Provavelmente por conta desse problema de espaço, o produto não deslanchou.

O gadget poderia ser útil para crianças em idade de alfabetização, mas já havia sido inventado, anos antes, um aparelho que cumpre muito bem a sua função: o teclado.

5. Mouse para jogos de tiro

Zalman FPSGUN FG1000 parece um sapato futurista, mas é um mouse gamer — Foto: Divulgação/Zalman

Zalman FPSGUN FG1000 parece um sapato futurista, mas é um mouse gamer — Foto: Divulgação/Zalman

Em 2008, a Zalman lançou o FPSGUN FG1000, um mouse voltado para jogos de shooters em primeira pessoa. A ideia até fazia sentido: seu formato emula uma pistola e, teoricamente, cria uma imersão maior na hora da jogatina. Além disso, o sensor fica na parte da frente, o que supostamente garante mais precisão aos movimentos.

As análises na época foram quase unânimes em dizer que o mouse não entregava o que prometia. Apesar de ser ergonômico igual a um mouse vertical, na hora do tiroteio, aqueles que usavam o mouse tradicional levavam a melhor. Por isso, a Zalman decidiu encerrar a produção do gadget alguns anos depois.

6. Mouse com balança

MSC-650 conta com uma mini balança escondida — Foto: Divulgação/American Weigh Scales

MSC-650 conta com uma mini balança escondida — Foto: Divulgação/American Weigh Scales

A American Weigh Scales, uma fabricante de balanças dos EUA, decidiu entrar no mercado de mouses em 2010. O produto não poderia ser outro: um mouse com uma minibalança embutida. Retirando a parte de cima do periférico, encontra-se uma bandeja e um visor com precisão de 0,1 g. Segundo a empresa, a balança tem capacidade máxima de 650 g.

O MSC-650 tinha preço de US$ 42,69 (cerca de R$ 209) e não está mais à venda. Com isso, não se pode mais saber quanto um objeto pesa sem sair da frente do computador.

Com informações de Hongkiat PC Gamer

*Fonte: TEchTudo

OUTRAS NOTÍCIAS

NOSSAS REDES

15FãsCurtir
8,187SeguidoresSeguir
- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS