SAN FRANCISCO

San Francisco superou todas as minhas expectativas! Um lugar diferente de tudo que eu imaginava! Minha passagem por lá foi rápida, e ficou um gostinho de quero mais! Se você planeja ir conhecer San Francisco separe pelo menos 4 dias inteiros de viagem, menos que isso você também vai ficar com vontade de quero mais!

Como se locomover em San Francisco? Na minha opinião o melhor lugar para se hospedar é na região da Union Square, por lá as distâncias são curtas, os bondinhos um charme e vale muito a pena andar a pé pela cidade, não será preciso alugar carro!

O transporte do aeroporto até seu hotel  pode ser feito de Uber, táxi ou de BART (Bay Area Rapid Transit), um trem rápido sem paradas que faz a viagem em 30 minutos e custa cerca 9 dólares por pessoa. Ao desembarcar, procure o AirTrain (o trem do aeroporto que conecta os terminais) que vai na direção do BART. Desça na estação Garage G/BART. Compre seu ticket BART e se você estiver hospedado na região da Union Square desça na estação Powell.

Union Square Christopher Chan / Getty Images

A região é muito frequentada por turistas e parece ser  “uma pequena Manhattan” , com prédios altos de arquitetura moderna, lindos e imponentes. Muitas lojas de marcas famosas, restaurantes e uma praça ao centro. Por lá os hotéis não são baratos. Caso você deseje opções mais “em conta” de hospedagem os hotéis nas redondezas da Union Square também são uma boa opção! (Custo beneficio).

Lombard St.
TripAdvaisor / Imagem

Começando o dia em San Francisco decidimos ir de Uber até a Lombard St. que é uma das ruas mais famosas da cidade de São Francisco. Esta rua ganhou destaque internacional devido à ladeira íngreme pela qual passa-se cruzando de um lado a outro em meio a um jardim florido. Já serviu de cenário para vários filmes rodados na cidade.

Seguimos a pé para Fisherman’s Wharf , pelo caminho encontramos um lugar bem charmoso ao estilo San Francisco com opções deliciosas para o café da manhã.

Depois de uma refeição reforçada seguimos a pé até o Fisherman’s Wharf!

Fisherman’s Wharf é o bairro “costeiro” de San Francisco. No século 19 era o principal ponto de parada dos barcos pesqueiros. Hoje revitalizado, um lugar super charmoso cheio de restaurantes, lojas e cafés. Caminhando pelo Fisherman’s Wharf de uma ponta a outra você irá se encantar, começando ao extremo sul no Pier 39, seguindo reto até os leões marinhos.

Passando pelo Pier 45 está atracado o SS Jeremiah O’Brien, um navio Liberty construído durante a Segunda Guerra Mundial, que virou museu. Uma curiosidade, na caldeira deste navio que foram filmadas as cenas do naufrágio no filme Titanic.

SS Jeremiah O’Brien

A Boudin Bakery é o lugar que inventou a famosa Clam Chowder (sopa de caranguejo, servida dentro de um pão), eu particularmente gostei muito mais da Clam Chowder que comi no Pier de Monterrey, no restaurante Old Fisherman’s Grotto eleita a melhor Clam Chowder por 15 anos

Enquanto caminhávamos até a fábrica de chocolates Ghirardelli o tempo começou a virar, um vento gelado trouxe nuvens baixas. Clima bem propício para um chocolate quente, não é mesmo?! E o chocolate quente da fábrica de chocolates Ghirardelli vale cada caloria!

            Depois do chocolate quente pretendíamos atravessar a ponte de carro, nossa curta estadia não nos permitiria atravessa-la de bicicleta como indicaram em vários sites que pesquisei. Se você tiver mais tempo (e preparo físico), um passeio que deve valer cada minuto de esforço! Mas, o tempo virou mesmo e o motorista do uber que solicitamos viajem até Sausalito, ao chegar no pé da ponte disse que não poderia prosseguir, as nuvens baixas de repente deixaram a ponte completamente invisível! A poucos metros de distância já não conseguíamos vê-la e a travessia nessa condição seria perigosa!

E lá se foi o Por do Sol na Golden Gate…

Se você tiver mais sorte que nós (apesar do frio no outono os dias em San Francisco costumam ser bonitos, com céu azul e sol a pino) então alugue uma bike no Fisherman’s Wharf. Por lá existem várias empresas oferecendo esse serviço e já compre o ticket da balsa para o retorno pois provavelmente você estará muito cansado para pedalar na volta. Pegue uma balsa (ferry) que faz o trajeto de Sausalito até San Francisco. No caminho para a ponte, você vai passar pelo Parque Presídio, que é bem bonito. Ao chegar do “lado de lá”, você estará na cidade de Sausalito, que dizem ser linda, cheia de restaurantes e cafés aconchegantes que pedem várias paradas pra foto!

E para a tão sonhada foto na Golden Gate tivemos que voltar no dia seguinte!

Golden Gate Bridge

Ao chegar no estacionamento do Parque Presídio “cai” de olhos pra Golden Gate Bridge, e achei realmente que estivesse dentro de uma cena de filme! A Golden Gate é realmente incrível! Além do tamanho, sua beleza compõe com a paisagem, um lindo cartão postal!

Artigo anterior
Próximo artigo

OUTRAS NOTÍCIAS

NOSSAS REDES

15FãsCurtir
8,187SeguidoresSeguir
- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS